Representação de Acionistas

O fenômeno da pulverização de capital das companhias abertas, que vem se intensificando nos últimos anos, revela novas questões com relação à administração do poder. Acionistas passam a ser representados. Em alguns países, como nos Estados Unidos, há uma tendência de incentivo à participação dos próprios acionistas no processo decisório das empresas. Foram criados mecanismos de representação, como forma de facilitar a representatividade dos acionistas por meio de votos, o chamado proxy.

No Brasil, a legislação permite a representação de acionistas por procurador constituído, podendo este representante ser um acionista, advogado, administrador ou instituição financeira. De maneira geral, acionistas são representados pelo Conselho de Administração, que exerce um papel fundamental como principal representante dos interesses dos acionistas e líder de todos os grupos de funcionários. O Conselho Fiscal atua como fiscalizador dos atos praticados pelos administradores, sendo o responsável pela verificação, análise e opinião sobre a regularidade das Demonstrações Financeiras das companhias.

A Solução Governança Corporativa atua na Representação de Acionistas tanto na Gestão Administrativa – Conselho de Administração – quanto na Fiscalização – Conselho Fiscal – das operações e atos dos administradores, além de oferecer Consultoria Societária Organizacional, prestar assistência com relação aos Litígios Societários e dar toda assessoria na Relação com Investidores.